Days
Hours
Minutes
Seconds

Uma revisão detalhada da carteira Trezor - tudo o que você precisa saber sobre esta carteira de hardware

Avatar

Publicado

em

Se você está no mercado para uma opção de armazenamento de criptografia altamente segura, a carteira de hardware Trezor deve estar no seu radar. É uma das poucas soluções de armazenamento a frio que existem na forma de um dispositivo físico, cujo objetivo é ajudar os detentores de criptomoedas a armazenar suas criptomoedas da maneira mais segura possível.

Nesta revisão, exploraremos tudo o que você precisa saber sobre a carteira Trezor, incluindo seus recursos, como usá-la, vantagens e desvantagens. As informações nesta revisão ajudarão você a decidir se a carteira Trezor é ideal para você.

Trezor

cae6f567c9314690

Tipo: carteira de hardware

Índice

  1. A história da carteira Trezor
  2. Comprando uma carteira Trezor
  3. Aparência física
  4. Recursos de segurança da carteira Trezor
  5. Como começar com uma carteira Trezor
  6. Enviando criptomoedas para sua carteira Trezor
  7. Movendo fundos da sua carteira Trezor
  8. Vantagens da Carteira Trezor
  9. Conclusão

A história da carteira Trezor

As carteiras Trezor são fabricadas pela Satoshi Labs, uma empresa sediada na República Tcheca. Ele estreou em 2014, ganhando um lugar como uma das soluções pioneiras de hardware de armazenamento a frio para criptomoedas. A empresa mantém uma equipe de desenvolvedores que garantem que a carteira permaneça segura enquanto fornece o suporte necessário aos usuários, principalmente em termos de suporte a várias criptomoedas. A Satoshi Labs, até agora, vendeu mais de 1 milhão de carteiras Trezor, destacando a forte demanda pelo dispositivo.

A carteira Trezor suporta milhares de criptomoedas, incluindo todos os tokens ERC20 que representam uma grande porcentagem das criptomoedas existentes. Isso o torna uma opção ideal para armazenamento a frio, especialmente para indivíduos que possuem um portfólio de criptografia diversificado.

Comprando uma carteira Trezor

A Satoshi Labs vende várias iterações da carteira Trezor, bem como acessórios por meio de sua loja online. Isso inclui o Trezor Model T, que custará 189 euros para a opção expressa. Se não se importar em esperar, pode aceder a um desconto de 13% ao selecionar a opção de reserva através da qual pode efetuar uma encomenda. Alternativamente, você pode obter o Trezor Model 1, que é significativamente mais barato por 59 euros. Alguns acessórios para a carteira Trezor incluem capas de silicone, protetores de vidro e capas micro USB portáteis. compre sua carteira Trezor

Coinbase

e37b5c1527d3f90d

Tipo: Plataforma de Negociação

Avaliação
     

CEX.IO

853f41f3201502e7

Tipo: Plataforma de Negociação

Avaliação
     

Binance

96bf5ad65a3f2be9

Tipo: Plataforma de Negociação

Avaliação
     

Etoro

28ea7925a41af3b5

Tipo: Plataforma de Negociação

Avaliação
     

Aparência física

Enquanto alguns de seus concorrentes têm um formato de pendrive, o Trezor parece um chaveiro de automóvel. Ele possui uma pequena tela que exibe informações de transações e dados de criptomoedas, como a quantidade de criptomoedas contida nele. Ele também possui dois botões abaixo do display que são usados para navegar na interface do dispositivo. O dispositivo também vem com uma porta USB na parte inferior através da qual pode ser conectado a dispositivos externos.

Recursos de segurança da carteira Trezor

O maior ponto de venda da carteira Trezor é o fato de ela não estar conectada à internet, o que significa que não pode ser acessada remotamente. Aqueles que usam esta carteira podem ficar tranquilos sabendo que suas participações criptográficas na carteira de hardware são inacessíveis para hackers. Existem outras medidas mais robustas que a empresa implementa para garantir o mais alto nível de segurança criptográfica. Por exemplo, a disposição dos números, ao selecionar um pino, muda regularmente para tornar todas as tentativas de keylogger malsucedidas. Keyloggers são vírus projetados para copiar qualquer chave que o usuário digite e, como tal, podem ser usados para copiar senhas.

A carteira Trezor também possui uma função USB limitada que evita que ela seja infectada por malware caso o PC ao qual está conectado esteja infectado. Isso é semelhante a como um mouse tem uma conexão limitada que permite que ele funcione sem ser infectado por malware. Além disso, o Satoshi Labs envia atualizações regulares que reforçam as defesas da carteira contra novas explorações em potencial.

Como começar com uma carteira Trezor

Depois de receber sua carteira Trezor, você terá que passar por um importante processo de configuração antes de começar a usar o dispositivo para a finalidade pretendida. O primeiro passo é conectar o dispositivo ao seu PC através do cabo USB fornecido na caixa. A carteira de hardware exibirá uma imagem de um cadeado e um link para um site que contém mais instruções.

Você também precisará instalar a versão digital da carteira Trezor no seu PC, como download direto ou como uma extensão do navegador Chrome. O objetivo desta instalação digital é facilitar a comunicação entre a carteira de hardware e o blockchain. A carteira Trezor não vem com nenhum firmware instalado e, portanto, o próximo passo deve ser baixar e instalar a versão mais recente de seu firmware por meio da extensão do navegador. Uma vez instalado, desconecte o dispositivo do PC e reconecte-o novamente.

Uma vez conectado novamente, você será solicitado a nomear o dispositivo, após o qual poderá definir o PIN que será necessário sempre que precisar fazer login na sua carteira Trezor. Assim que o processo de configuração do pin for concluído, a carteira gerará uma frase de recuperação de 24 palavras. Anote-o e mantenha-o seguro, pois é essencial para a recuperação de fundos caso sua carteira seja roubada, perdida ou danificada. Observe que a perda de uma frase de recuperação significa que você nunca poderá obter acesso à sua carteira, portanto, a necessidade de armazená-la com segurança e não compartilhá-la com mais ninguém.

Enviando criptomoedas para sua carteira Trezor

Você pode começar a usar a carteira de hardware Trezor assim que a configuração estiver concluída. Você terá que conectar a carteira de hardware à versão web da carteira Trezor em um PC para transferir com sucesso as criptomoedas para sua carteira, assim como no processo de configuração. Pressione a guia “Receber” nas opções na parte superior para exibir o endereço da carteira de hardware. Copie e cole-o na carteira da qual contém sua criptografia para iniciar o processo de transferência. Certifique-se de especificar a moeda digital que deseja enviar. A transferência deve ser concluída em alguns minutos.

Movendo fundos da sua carteira Trezor

O processo é tão simples quanto enviar criptografia para sua carteira de hardware, exceto que desta vez você seleciona a moeda que deseja enviar e clica na guia "Enviar" em vez da guia "Receber". Você também terá que inserir o endereço da carteira destinada a receber as criptomoedas enviadas.

Vantagens da Carteira Trezor

Para começar, a carteira Trezor oferece uma maneira muito segura de você armazenar suas criptomoedas. Outro benefício é que sua chave privada é sempre mantida offline, o que significa que não há conexão direta com a internet. Para uma camada adicional de segurança, quando você deseja acessar sua carteira Trezor, para receber ou enviar moedas digitais, ou simplesmente para verificar seu saldo, você precisará inserir seu número PIN pessoal. Para manter sua carteira segura, certifique-se de nunca compartilhar seus dados de pin com ninguém. Depois que seu pin for criado, você também receberá uma senha de backup que poderá usar, se necessário, para recuperar seus fundos caso sua carteira seja roubada ou perdida. Todos esses recursos de segurança garantem que sua carteira Trezor nunca seja hackeada.

Conclusão

Se você possui uma pequena fortuna em criptomoedas, considere uma carteira fria por segurança para evitar roubo. É aqui que a carteira Trezor ocupa o centro das atenções. A carteira Trezor oferece uma solução ideal para o nível máximo de armazenamento seguro de criptomoedas e responsabilidade por sua riqueza digital.